Hoje é aniversário de Clarice Lispector, a escritora faria 98 anos se estivesse viva. Para comemorar o seu dia, fizemos uma seleção de poemas inspiradores escritos por ela.

Nascida na Ucrânia, Clarice chegou ao Brasil com 2 anos de idade. Viveu em Maceió, Recife e Rio de Janeiro. Naturalizada brasileira, cursou Direito, mas logo descobriu seu interesse pela literatura.  Ao longo de sua vida, foi tradutora, escritora, jornalista, contista e ensaísta.

Seus livros têm como característica principal as cenas cotidianas e as tramas psicológicas. Por isso, é fácil se identificar com suas histórias. Para saber mais sobre Clarice Lispector, recomendamos o livro Clarice, uma biografia. Comentamos sobre a obra aqui.

Agora sem mais delongas, vamos aos seus poemas!

Confira 5 poemas inspiradores de Clarice Lispector

A Perfeição

O que me tranquiliza

é que tudo o que existe,

existe com uma precisão absoluta.

O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete

não transborda nem uma fração de milímetro

além do tamanho de uma cabeça de alfinete.

Tudo o que existe é de uma grande exatidão.

Pena é que a maior parte do que existe

com essa exatidão

nos é tecnicamente invisível.

O bom é que a verdade chega a nós

como um sentido secreto das coisas.

Nós terminamos adivinhando, confusos,

a perfeição.

Dá-me tua mão

Dá-me a tua mão:

Vou agora te contar

como entrei no inexpressivo

que sempre foi a minha busca cega e secreta.

De como entrei

naquilo que existe entre o número um e o número dois,

de como vi a linha de mistério e fogo,

e que é linha sub-reptícia.

Entre duas notas de música existe uma nota,

entre dois fatos existe um fato,

entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam

existe um intervalo de espaço,

existe um sentir que é entre o sentir

– nos interstícios da matéria primordial

está a linha de mistério e fogo

que é a respiração do mundo,

e a respiração contínua do mundo

é aquilo que ouvimos

e chamamos de silêncio.

Sonhe

Seja o que você quer ser,

porque você possui apenas uma vida e nela só se tem uma chance

de fazer aquilo que quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.

Dificuldades para fazê-la forte.

Tristeza para fazê-la humana.

E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.

Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.

Para aqueles que se machucam.

Para aqueles que buscam e tentam sempre.

E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas.

Minha alma tem o peso da luz

Minha alma tem o peso da luz.

Tem o peso da música.

Tem o peso da palavra nunca dita,

prestes quem sabe a ser dita.

Tem o peso de uma lembrança.

Tem o peso de uma saudade.

Tem o peso de um olhar.

Pesa como pesa uma ausência.

E a lágrima que não se chorou.

Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.

Sou…

… assombrada pelos meus fantasmas,

pelo que é mítico e fantástico

– a vida é sobrenatural.

E eu caminho em corda bamba até o limite de meu sonho.

As vísceras torturadas pela voluptuosidade

Guiam-me, fúria dos impulsos. Antes de me organizar,

tenho que me desorganizar internamente.

Para experimentar o primeiro e passageiro

estado primário de liberdade.

Da liberdade de errar, cair e levantar-me.

Também achou esses poemas de Clarice Lispector super inspiradores? Compartilhe esse post com os amigos e ajude a espalhar ainda mais a obra dessa grande escritora!