Quando se fala em literatura brasileira, logo vem à cabeça nomes como Graciliano Ramos, Drummond, Machado de Assis e Clarisse Lispector. Nosso país é berço de escritores clássicos consagrados, mas se engana quem pensa que não se faz mais boa literatura por aqui.

Na última década, o Brasil revelou diversos novos escritores. Esses jovens estão mostrando que tem talento e um futuro promissor na literatura, mas ainda buscam reconhecimento do grande público.

Quer saber quem são eles? Vem com a gente!

6 novos escritores brasileiros que você precisa conhecer

A literatura brasileira sempre foi muito rica e não seria diferente com a nova geração. O Brasil segue produzindo uma imensa variedade de escritores de todos os gêneros.

Da literatura infanto-juvenil ao suspense policial, do cordel ao romance, tem escritor e livro para todas as idades e gostos.

Selecionamos 6 escritores que nos últimos dez anos colocaram o nome no mapa da literatura nacional. Eles com certeza merecem um espacinho na sua estante. Veja a nossa lista!

Raphael Montes, romance policial

O carioca de 28 anos é escritor de romances policiais. Seu segundo livro, “Dias perfeitos” foi publicado em mais de 14 países. Ele e seu primeiro romance, “Suicidas”, tiveram os direitos comprados para adaptação cinematográfica. Para o jornal britânico The Guardian, Raphael Montes consegue “aliar a atmosfera de suspense de um filme de Alfred Hitchcock ao humor negro de Quentin Tarantino”. É mole ou quer mais?

Jarid Arraes, literatura de cordel

A cearense de 27 anos é escritora, cordelista e poeta. Jarid Arraes é autora dos livros “Um buraco com meu nome”, “As Lendas de Dandara” e “Heroínas Negras Brasileiras”. Este último foi o maior lançamento da Editora Pólen Livros, em 2017. Jarid também é curadora do selo literário Ferina e criadora do Clube de Escrita para Mulheres.

Geovani Martins, contos

O carioca de 26 anos é autor da coletânea de contos “O Sol na Cabeça” (Companhia das Letras). Antes mesmo da publicação, seu livro foi vendido para noves países. Nascido em Bangu, Geovani Martins estudou até a oitava série e trabalhava como homem-placa. Em seus contos fala sobre a infância e adolescência nas favelas do Rio.

Iris Figueiredo, literatura infanto-juvenil

A carioca de 26 anos é um dos nomes promissores da literatura infanto-juvenil. É dela a dualogia “Confissões On-line: Bastidores da minha vida virtual” e “Entre o real e o virtual”, além do recém-lançado “Céu Sem Estrelas”, pela Editora Seguinte. Iris também mantém um canal no YouTube, onde fala sobre a vida de escritora.

Os pais podem apostar nos livros de Iris para presentear os filhos adolescentes e incentivar a leitura na juventude, como falamos no post Dia do Adolescente: compartilhe a leitura com seus filhos.

Luisa Geisler, contos e romance

A gaúcha de 27 anos já tem quatro livros publicados, entre eles “Contos da Mentira” e “Quiça”. As obras foram vencedoras do prêmio SESC de Literatura de 2010 e 2011, respectivamente. Em 2012, Luisa foi incluída na antologia Os melhores escritores brasileiros da revista britânica Granta.

Julián Fuks, romance 

O paulista Julián Fuks tem 37 anos e já é vencedor do Prêmio Jabuti. O livro “A resistência” venceu na categoria Romance em 2016. A obra aborda temas como exílio e adoção, na busca do escritor pela história de sua família na Argentina, antes de se exilaram no Brasil.

A nossa literatura está cheia de novos talentos que com certeza merecem sua atenção. Conhece algum novo escritor brasileiro que merecia estar na lista? Deixa o seu comentário nas nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram.